mindfulness

O mindfulness é uma terapia meditativa utilizada há muitos anos na medicina oriental e, atualmente, considerada uma tendência em crescimento que comprova resultados assertivos em diferentes áreas do cotidiano das pessoas. Seu significado é estar plenamente em contato com a vivência do momento, através de estratégias para ter atenção plena, sendo dedicada à programas de redução de estresse e otimização da concentração em atividades do dia a dia.

A adoção de mindfulness é aplicada a objetivos distintos, seja para reduzir a ansiedade, melhorar a alimentação ou aumentar a performance esportiva de atletas. Estudos sugerem que a maioria dos atletas apresentam dificuldades mentais para preparo de provas de competições, devido ao estado de ansiedade e falta de autoconfiança, efeitos que promovem a perda de foco e concentração antes, durante e após a prova. Um dos grandes desafios de competidores é permanecer integralmente e aceitar sem julgamento as situações que requerem esforço mental e concentração.

Sendo assim, o desenvolvimento de habilidades psicológicas que contribuam com o manejo motivacional e comportamental de atletas pode ser uma importante estratégia para potencializar o desempenho e o resultado esportivo. E essas habilidades se estendem também na alimentação. O mindful eating é um ramo do mindfulness que se caracteriza pelo “se alimentar com atenção plena” e se conectar com os alimentos de forma positiva. Sabe-se que muitos atletas apresentam a probabilidade de desenvolver transtornos alimentares em meio à sua rotina de cobranças com a composição corporal, cenário que pode ser minimizado com essa prática.

Comprovação científica dos benefícios do Mindfulness no esporte!

De acordo com pesquisas na área, três dos principais programas de treinamento em mindfulness sendo implementados no âmbito esportivo ​​são Mindfulness Sport Performance Enhancement (MSPE), Treinamento de Meditação do Mindfulness para o Esporte (MMTS) e Mindfulness Acceptance-Commitment (MAC). Veja o objetivo de cada um desses programas.

Um estudo (Batzell et al., 2015) avaliou a percepção de treinadores sobre o efeito do treinamento de mindfulness para o esporte (MMTS), durante seis semanas, trazendo como resultados um melhor entendimento do estado emocional e mental dos atletas, reconhecendo que essa participação propicia uma melhora da motivação e da performance da equipe, incluindo os treinadores.

Palmi e Solé (2016) também trouxeram evidências a respeito de trabalhos em psicologia do esporte que utilizaram intervenções de mindfulness. Em um modelo de revisão sistemática de literatura, 22 estudos foram avaliados, sendo 11 incluídos com uma população de 256 participantes de diferentes modalidades esportivas. Os resultados apontaram para melhora significativa da performance esportiva e dos níveis de ansiedade e burnout.

Mais recente, Palmi, Planas e Solé (2018) avaliaram os efeitos com um atleta mindfulness e o esporte competitivo em um estudo de caso. Avaliaram a importância dessa prática em atletas de alto rendimento de futebol profissional em processo de reabilitação esportiva. Os autores apontaram efeitos positivos do estado de humor e aumento da coerência cardíaca do atleta, além de uma redução da ocorrência de lesões e diminuição de pensamentos negativos e estresse percebido.

mindfulness meditationA nutrição esportiva eficiente se baseia em trazer manejos funcionais ao atleta e, também, ao competidor amador que vão além da modulação alimentar e suplementação de qualidade. Ampliar as possibilidades de melhora do desempenho esportivo se ressalta como uma das importantes metas no esporte. A prática de mindfulness é uma das estratégias que se encaixam nessa busca pela saúde física e mental do paciente competidor ou que treina com grande frequência.

Referências
Centro Brasileiro de Mindful Eating – Princípios do Mindful Eating. Disponível em: http://mindfuleatingbrasil.com.br/index.php/principiosmindfuleating/. The Center of Mindful Eating. Introducind Mindful Eating. Disponível em: https://www.thecenterformindfuleating.org/IntroMindfulEating Cancian ACM, de Souza LAS, Liboni RPA, Machado WL, Oliveira MDS. Effects of a dialectical behavior therapy-based skills group intervention for obese individuals: a Brazilian pilot study. Eat Weight Disord. 2017 Dec 2. Warren JM, Smith N, Ashwell M. A structured literature review on the role of mindfulness, mindful eating and intuitive eating in changing eating behaviours: effectiveness and associated potential mechanisms. Nutr Res Rev., v. 30, n. 2, p. 272-283, dec. 2017. VANDENBERGHE, Luc; SOUSA, Ana Carolina Aquino de. Mindfulness nas terapias cognitivas e comportamentais. Rev. Bras. Ter. Cogn.,  Rio de Janeiro ,  v. 2, n. 1, p. 35-44, jun. 2006. HOOPER, D. Practical Applications of Mindfulness Techniques in Sport. Disponível em: <https://www.theseus.fi/bitstream/handle/10024/126320/Hopper_Drew.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 03 jun. 2019. OLIVEIRA, A; PADOVANI, R. Mindfulness e o esporte competitivo: a importância para atletas de alto rendimento. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, Brasília, v.8, n° 2, outubro 2018. Aherne, C., Moran, AP e Lonsdale, C. O efeito do treinamento de mindfulness no fluxo de atletas: uma investigação inicial. Sport Psychologist, v. 25, n. 2, p.177-189, 2011. CHEN, J. et al. Mindfulness training enhances flow state and mental health among baseball players in Taiwan. Psychol Res Behav Manag., v. 12, p. 15-21, 2019.
*Colocar páginas associadas: produtos da linha MTC da Vitafor*